Thunder Fight acerta os retornos de Lucas Mineiro e Flávio de Queiroz, e presidente mira 2020: ‘Promete ser um grande ano’

Atualmente com 31 anos e um cartel de 20 vitórias e cinco derrotas no MMA profissional, Lucas Mineiro está de volta ao Thunder Fight. Com passagem pelo UFC, o lutador estava no BRAVE Combat Federation, onde lutou pela última vez em julho deste ano. A confirmação veio através de Marcelo Kina, presidente do Thunder.

Atual detentor do cinturão peso-pena do Thunder Fight, Lucas voltará a lutar pela organização na divisão dos leves. Além disso, está acertado que no retorno o atleta atuará no mesmo card de seu pupilo Flávio de Queiroz, que tem em sua posse o cinturão da categoria peso mosca da companhia.

“Lucas Mineiro é o atual detentor do cinturão peso-pena do Thunder Fight. No ano que vem, fechamos a volta dele, mas na categoria até 70kg. Flávio de Queiroz, campeão peso-mosca, defenderá o cinturão em 2020 e acertamos que ambos vão lutar no mesmo card, que está programado para março ou abril. Inclusive, já estamos negociando os adversários”, disse Marcelo, que projeta um ano de 2020 grandioso.

“O ano de 2020 promete ser o maior ano do Thunder Fight. Estamos planejando a realização de dez edições e já estamos negociando com outros grandes nomes para fortalecer ainda mais o nosso plantel”, encerrou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *