Bibiano Fernandes se solidariza com povo asiático

Enquanto aguarda por novo desafio no ONE Championship, brasileiro torce por rápido controle da epidemia de coronavírus no continente

Bibiano Fernandes viveu alguns dos maiores momentos de sua carreira lutando no continente asiático. Foi no Japão onde ele brilhou no cage do Dream para ser campeão, e em Singapura conquistou o cinturão do ONE Championship pela primeira vez. Por conta da relação próxima que tem com a Ásia, o brasileiro sente tristeza pela epidemia de coronavírus que assola o mundo, principalmente o oriente.

O vírus já infectou mais de 60 mil pessoas, vitimando mais de 1.500 delas, segundo Comissão Nacional de Saúde da China. O país concentra 99% dos casos fatais da doença, sendo a província Hubei o epicentro da epidemia. Japão e Filipinas, países onde o brasileiro já lutou, também tiveram mortes confirmadas por coronavírus.

Em agosto de 2017, Bibiano Fernandes esteve na China para defender seu título do ONE Championship. Em Macau, região administrativa especial chinesa, ele não deu chances ao norte-americano Andrew Leone, e finalizou o combate ainda no primeiro round.

“Eu estou devastado com as notícias que recebo sobre o coronavírus na Ásia. É muito triste saber que milhares de pessoas já perderam a vida assim, por uma epidemia, destruindo muitas famílias. O povo oriental é muito forte, guerreiro, e tenho certeza que eles vão se reerguer. Estou em orações para que Deus conforte o coração de todos por lá, e que em breve tudo estará novamente sob controle no continente e no mundo”, espera o campeão peso-galo do ONE Championship (até 65,7 kg).

Bibiano Fernandes é brasileiro natural de Manaus, mas atualmente vive e treina em Vancouver, no Canadá. De lá, acompanha o noticiário sobre a epidemia enquanto segue sua rotina de treinamentos. Ele ainda não tem data definida para voltar ao cage do evento, embora a vontade de defender mais uma vez seu título seja grande.

“Estou ansioso para lutar novamente, quero muito defender meu cinturão. Por mim, eu lutaria em fevereiro ou março, mas não foi possível. Agora tenho que esperar uma posição do ONE Championship, saber o que eles pensam para o meu futuro. Tudo está mais complicado por conta do coronavírus na Ásia, então não tenho previsão de data para lutar novamente”, avisa.

Da última vez que entrou em ação, em outubro de 2019, Bibiano confirmou sua supremacia sobre Kevin Belingon ao finalizar o filipino mais uma vez, no quarto embate entre eles. Foi a oitava defesa de título bem-sucedida do manauara, duas vezes campeão da categoria no ONE Championship.

Sobre Bibiano Fernandes

Bibiano Fernandes é lutador profissional de MMA, natural de Manaus, no Amazonas, e iniciou sua trajetória nas artes marciais através do jiu-jitsu, modalidade na qual é faixa-preta. Aos 39 anos, ele é o atual campeão peso-galo do evento asiático ONE Championship (até 65,7 kg). Bibiano exibe um cartel profissional de 28 lutas, sendo 24 vitórias e apenas quatro derrotas, acumulando ao longo da carreira importantes triunfos, incluindo o título, por duas vezes, do tradicional e hoje extinto evento japonês Dream.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *