Amanda Nunes tem defesa de cinturão contra Megan Anderson remarcada para março

Alguns meses após o nascimento de sua fiha, Raegan Ann Nunes, o casal Amanda Nunes e Nina Ansaroff já têm desafios marcados pelo UFC visando o ano de 2021. A brasileira, atual campeã peso-galo e pena da organização, vai defender seu cinturão peso-pena diante de Megan Anderson no card do UFC 259, que está marcado para o dia 6 de março, ainda sem local definido. Já Nina entra em ação um mês depois, mais precisamente no dia 10 de abril, para encarar a embalada Mackenzie Dern, em evento que também não possui sede confirmada pela companhia. As informações foram confirmadas pela ESPN americana na última segunda-feira (21).

O duelo entre Amanda e Megan, inicialmente, estava programado para acontecer em dezembro deste ano, no entanto, a “Leoa” precisou se ausentar do card por “questões de saúde” e, com isso, o confronto está remarcado para março. Aos 32 anos, a campeã dupla vai fazer sua segunda defesa de título na divisão dos penas. Na primeira defesa, que ocorreu em junho – quando fez sua última luta -, levou a melhor sobre Felicia Spencer na decisão unânime. Nunes também é detentora do cinturão peso-galo, posto que já defendeu cinco vezes. A atleta da American Top Team não perde uma luta desde 2014 e vem embalada por uma sequência de 11 triunfos consecutivos. Por outro lado, Megan Anderson é ex-campeã dos penas do evento Invicta FC e, no Ultimate, vem de dois resultados positivos, o último obtido em fevereiro, diante de Norma Dumont, por nocaute no primeiro round.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *